musica,livros,vida,amor,sol,bem estar,sociedade

Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Amelices e outros estados de alma

50 e´s ainda à procura do sentido da vida.

50 e´s ainda à procura do sentido da vida.

Amelices e outros estados de alma

28
Jul17

Conselhos da avó- casar com um homem mais novo.


Beia Folques

050817-brigitte-macron-sneakers-embed.jpg

A minha avó estava cheia de razão. Não a ouvi e casei com um homem mais velho. Os homens efectivamente ficam velhos mais cedo do que as mulheres, e aborrecidos é eufemismo tornam-se mesmo tediosos.

 As mulheres depois da fase de investir no trabalho/carreira, na família, na casa e nos filhos, chegam a uma fase 40/50 anos e rejuvenescem. Percebem que andaram a dispensar energia e tempo em tudo menos nelas. A casa está pejada de inutilidades que só servem para acumular pó, os filhos já não são tão dependentes e podemos dar-nos ao luxo de folgar um pouco de tanta responsabilidade e trabalho. No trabalho/carreira dificilmente serás reconhecida, deste o “litro”, esforçaste-te e não passarás de um número, e daqueles bem insignificantes.

Então vais dar azo aos teus desejos, que estavam guardados e tinham sido adiados.

Estás cheia de energia, planos e tens uma criatura de pantufas ao teu lado, a ver F1 ao domingo, quantas vezes penso se oiço mais um Vrumm, Vrummm na tv parto-a. Se falo em cinema enumera-me o serviço bestial que a nossa operadora de telecomunicações oferece no aluguer de filmes. Querido, eu quero mesmo é o escurinho do cinema com aquele ecran enorme e aquele som fabuloso e não os putos à volta, não quero distrair-me com a revista que está mal colocada na mesinha, ou as flores que estão por regar. Quando proponho ir a um concerto ele brinda-me com uma lista de entraves, a multidão, a confusão, a qualidade do som, etc. Vamos para a praia passar o dia todo de papo para o ar e ele me alerta-me gentilmente dos perigos da exposição solar na minha pele sensível e do tão necessário almoço que deve ser pelas 13h de garfo e faca. Vamos viajar para fora e relembra-me como se eu tivesse 3 anos as turbulências do nosso mundo, onde  ¾ do planeta é conflituoso e perigoso, bem e logo eu que não estou nem aí para os eventuais riscos de levar com um homem bomba em cima. Interrogo-me que raio dá nos homens que é tudo uma dificuldade.

Quero um homem novo, aventureiro e descomplicado. Pensando melhor teria que ter menos 20 anos do que eu. Assim na casa dos 30 anos, acho que eles começam a stressar e complicar quando chegam aos 40 anos, a partir daí só agrava e piora. O problema é que não sei o que se fala com alguém na casa dos 30, dos 20 anos sei porque tenho filhos com essa idade.

Tenho que falar com a Brigitte Macron, ela parece que anda tão feliz. Será que a minha avó também foi a dela e a Brigitte levou os conselhos mais a sério do que eu?

Ainda oiço a minha avó com carinho:

-minhas filhas nunca casem com um homem mais velho, eles ficam velhos cedo e aborrecidos, não querem passear.

 

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D