musica,livros,vida,amor,sol,bem estar,sociedade

Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Amelices e outros estados de alma

50 e´s ainda à procura do sentido da vida.

50 e´s ainda à procura do sentido da vida.

Amelices e outros estados de alma

14
Jun17

CR7- brincar aos honestos


Beia Folques

Muito se tem falado nas televisões sobre a possível fuga ao fisco Espanhol do CR7, 15 milhões.

Ontem ouvi um “entendido” num canal de tv que estava muito incomodado como era nocivo para os fãs do Ronaldo, o seu ídolo não fazer as suas declarações fiscais de uma forma clara e sem subterfúgios, nem esquemas. Como era grave transmitir para os jovens a ideia que se pode fugir às suas obrigações com as finanças. Eu não vejo o CR7 com essa função pedagógica, ficaria feliz se soubesse que não está metido em evasões fiscais, mas não estou à espera que seja ele o elemento diferenciador desta doença, praga.

                Quem deveria ter esse papel acima de todos os outros cidadãos, quem deveria ser exemplo de transparência e integridade são os nossos políticos, elementos do governo, quem gere a coisa pública. Exemplos desde a famosa sisa das casas até coisas bem mais graves com fraudes, evasões, paraísos com métodos sofisticados e intrincados, eles são mestres nessa matéria. Os nossos políticos já sabemos que se puderem não declaram, fogem, omitem nas suas declarações os “seus” bens. Que em boa verdade os “seus” bens são constituídos por bens, património que seriam de todos nós, que deveriam ter sido transformados para utilidade pública e não contas, propriedades particulares. Que eles gananciosamente e deliberadamente subtraíram, roubaram, divergiram aos contribuintes. Quem gere o nosso legado como contribuinte não é isento, nem impoluto.

Estão os vários comentadores tão preocupados com o exemplo do CR7 ?? As nossas leis, até permitem se és político e fores condenado por fraude fiscal após cumprires a pena, podes recandidatar-te a um cargo público novamente. Hilário, volta a por a mão na massa, com a farinha que é de todos nós.

Vamos pedir responsabilidades a quem de direito e deixem-se de macacadas ou melhor falando  faits-divers. Para variar vamos lá ser honestos.

 

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D