musica,livros,vida,amor,sol,bem estar,sociedade

Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Amelices e outros estados de alma

50 e´s ainda à procura do sentido da vida.

50 e´s ainda à procura do sentido da vida.

Amelices e outros estados de alma

24
Mai17

Fátima, Papa e os 3 pastorinhos


Beia Folques

fATIMA1.jpg

 

Tinha que ir a Fátima pelo 13 de Maio. Porque era o centenário das aparições, a visita do Papa, era a canonização de 2 pastorinhos em território Nacional. Esta data estava repleta de simbolismo para uma frágil crente como eu.

Sempre tive especial carinho pelos 3 pastorinhos e real adoração a Nossa Senhora. O Papa Francisco diz-me muito pois diariamente tenta acordar o Mundo e a própria Igreja para as armadilhas, as falsas ilusões, as teias instaladas, as glórias enganadoras. Desmonta e enfraquece toda uma conduta viciada, errada na nossa sociedade, focando sempre no que é essencial e prioritário. Coloca o dedo na ferida, pede ajuda e sugere soluções.

Fui a Fátima porque queria ser só mais uma no meio daqueles milhares de fieis que lá o estavam para o receber e aclamar. Para lhe agradecer o que tem feito pela nossa Igreja. Para lhe dar o testemunho físico que estamos 100% com ele, para comungar com ele a nossa fé.

Não o poderíamos ter recebido em território mais envolvente neste País. Fátima é paz, é mistério, é oração, é recolhimento e partilha, é silêncio.

Foi esse silêncio que tanto impressionou o Papa e a mim também. Como é que é possível numa área imensa ocupada por milhares de pessoas acontecer momentos de completo silencio. Um silêncio tão eloquente.

Silêncios eloquentes que paradoxo e que realidade. Era aí que falava-mos com Deus e interiorizava-mos aqueles momentos únicos.

Outra coisa que me deixou perplexa é a quantidade de fiéis que vieram dos 4 cantos do Mundo, estavam registados em Fátima 53 países. Eram as orgulhosas bandeiras, a língua, a diversidade racial e cultural mas todos com o mesmo fim a canonização dos pastorinhos, dos nossos pastorinhos e a adoração a Nossa Senhora.

A quantidade de jovens Portugueses e estrangeiros que lá se encontravam com pura alegria também foi uma revelação.

Não sei se foi aparição, alucinação, visão não sei e não estou nem aí, chamem-lhe o que quiserem. Fátima para mim é fé, para mim e pelos vistos para milhares de pessoas Portuguesas e do Mundo inteiro.

Algo que me maravilhou foi a multidão de pessoas que lá estavam para testemunhar este acontecimento. No actual panorama Mundial este número de fieis juntos num evento religioso Católico é bastante significativo. Isto acontecer na Europa, numa Europa tão desestruturada, tão instável , frágil e vulnerável.

Num Mundo onde ser Católico é algo para não ser mencionado. É outro contrassenso porque o ser católico é algo tão natural com a cor dos nossos os olhos, faz parte do nosso Eu. Esta gente assim como eu veio cá para dizer sou católico, sou crente e existo e o Papa Francisco é o nosso Pastor.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D