musica,livros,vida,amor,sol,bem estar,sociedade

Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Amelices e outros estados de alma

50 e´s ainda à procura do sentido da vida.

50 e´s ainda à procura do sentido da vida.

Amelices e outros estados de alma

23
Mar17

Richard Gere, outro devaneio- Keep dreaming


Beia Folques

 

O meu Richie está em Portugal e foi visto na Fundação Champalimaud, li esta notícia na revista Sábado. Fiquei maravilhada como sou muito proactiva liguei a uma amiga que têm excelentes contactos na Fundação e questionei sobre esta notícia.

É verdade, ele está em Lisboa e vai à Fundação Champalimaud diariamente e é ainda mais giro e simpático do que parece nas revistas, garantiu-me ela. Não vos posso dizer o que vai lá fazer, pois é do seu foro pessoal e bem respeito a sua privacidade e a dos seus.

Finalmente, pensei eu, Aleluia a minha oportunidade de o ver ao vivo e a cores está mais próxima. O Richard Gere assim à distancia de uns míseros metros.

Pedi com jeitinho uma forma de me infiltrarem lá dentro de maneira a chegar a ele discretamente, sei lá de bata de profissional de saúde, vendedora de pastéis de Belém, a turista perdida nos corredores, arrumadora de carros no estacionamento, um simulacro de incendio ou terramoto e aparecer lá como equipa de intervenção, etc. Não aceitaram as minhas sugestões. Tive que ser mais incisiva e objectiva quero ver o meu “pretty man” e mai nada.  Bem acabaram por me avisar que o que me podia acontecer era chamarem os seguranças se eu aparecesse por lá e é muito feio ter que chegar a este fim. Depois a minha amiga que se deve achar muito disse-me que não facilitam a vida a “malucas como eu”. Não percebi, malucas como eu ????? Com amigas destas não preciso de inimigas.

ps- se alguém souber onde está hospedado digam por favor, vou tentar outro tipo de abordagem.

 

 

Richard Gere na Fundação Champalimaud

Resultado de imagem para richard gere

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D