musica,livros,vida,amor,sol,bem estar,sociedade

Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Amelices e outros estados de alma

50 e´s ainda à procura do sentido da vida.

50 e´s ainda à procura do sentido da vida.

Amelices e outros estados de alma

16
Mar17

O meu Presidente não é uma Sombra.


Beia Folques

O meu Presidente não é uma Sombra.

Corre na Net um vídeo do Marcelo a contar histórias a crianças hospitalizadas, num projecto da Associação Nuvem Vitória. Um programa que eu não conhecia e me deixou emocionada, pessoas que dedicam parte do seu tempo a ler histórias à hora de dormir a meninos hospitalizados, gente fantástica. Transcrevo esta descrição deste meritório projecto que está na revista online Lux: A Associação Nuvem Vitória propõe, através de uma equipa de 40 voluntários, ajudar na criação de rotinas nos serviços de Pediatria dos hospitais nacionais, mediante a introdução de dinâmicas que visam a hora de desligar aparelhos eletrónicos, arrumar os brinquedos e preparar para dormir, criando o hábito da leitura da história para adormecer.

Esta acção foi no âmbito do “ Dia Mundial do Sono” e porque o : objectivo da Associação Nuvem Vitória é apoiar doentes que estão “mais vulneráveis aos problemas do sono, devido às doenças e exposição a tratamentos médicos. A privação do sono prejudica a recuperação do estado de saúde”(jornal SOL).

Louvo a atitude do Presidente em abraçar este projecto. Admiro a sua necessidade, urgência em chegar a todos que mais precisam dele. Comove-me o seu carácter, a sua disponibilidade em estar lá para os outros, o seu exemplo deveria nos arrastar para abrir novas “portas” nas nossas vidas e sairmos dos nossos casulos.

O meu Presidente não é uma sombra ele tem luz, uma luz que pode parecer exagerada mas é a dele. E honestamente prefiro esta que me encadeia e me deixa atordoada a um Presidente em tons de cinza, que é o politicamente correcto, esse nunca comete excessos, nem erros, está lá na redoma. Como já disse uma vez a uma pessoa amiga o Marcelo não seria o 1ª nem será certamente o último homem a me desapontar, mas espero que não o faça, precisamos muito de alguém que nos desperte, nos estimule e motive, nos agregue como país. Para mim os seus olhos azuis dizem tudo são bondosos, generosos, sorridentes e confiantes, tem a cor do céu, do infinito e da aristocracia.

Leitura de histórias a crianças a convite da Associação Nuvem Vitória no Serviço de Pediatria do Hospital de Santa Maria em Lisboa

 

16
Mar17

50 Sombras de Grey


Beia Folques

Estava eu sentada num café e 2 senhoras (talvez mais ou menos da minha idade) numa mesa ao lado discutiam a complexidade do filme as “50 sombras de Grey”.

Uma delas tinha ido ver a sequela e afiançava que só tinha podido entender este porque tinha visto o 1ª filme, senão estaria completamente perdida na história.

Eu vi o 1ª, em boa verdade vi ¾ do filme, não assisti ao fim, e caramba do que presenciei não vi grande história, enredo, nada de profundo ou elaborado naquela sequência de imagens. Vi umas carinhas larocas, carros, aviões, luxo, tudo para o “show off” e publicidade das marcas que patrocinaram a realização do filme. Por mais que me esforce a analisar o filme garanto que mesmo muito espremido não me sai nada.

Mentira, teve um aspecto positivo, a música adorei Ellie Goulding- Love Me Like You Do.

Tenho pena de não ser como estas cinéfilas, que conseguiram ver mais além, viram uma história que me passou completamente ao lado, e não era um qualquer conto, era intensa, complexa, com densidade psicológica, e até com continuidade enfim com uma trama bem tramada.

Moral da história: até estes 50 são um enigma para mim.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

Mensagens

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D